Aprenda a viajar sem dinheiro!

Às vezes as pessoas têm medo de se jogar no mundo. Geralmente, elas pensam que vão gastar uma fortuna, que pode ser perigoso, que não vão conseguir entender os idiomas completamente diferentes e por aí vai...

Uma amiga minha conseguiu provar que viajar é possível e, mais que isso, confiar nas pessoas e viver experiências!

Leia o relato dela e conheça melhor o projeto Open Doors!

Olá, me chamo Aline Campbell, tenho 24 anos, sou artística plástica e escrevo para relatar uma viagem que fiz de junho a setembro deste ano. Foram 92 dias na Europa, passando por 13 países e 30 cidades, dentre elas: Amsterdam, Berlim, Paris, Londres, Veneza, Budapeste, Praga e Viena.

Só que para deixar a história um pouquinho mais interessante: eu resolvi viajar sem dinheiro nenhum.
Comprei minhas passagens de ida e volta e saí do Rio de Janeiro sem nada de dinheiro e nem cartões de crédito. Nem mesmo para o caso de "uma emergência".

O objetivo era estar num lugar totalmente novo, num determinado período de tempo, confiando inteiramente no poder das relações interpessoais, ressaltando a bondade humana para além de bens materiais e mostrar ao mundo o quanto se é possível atingir a partir do momento que a ele você deposita total confiança e bondade.

Open Doors

Optei por fazer essa viagem sem dinheiro, para contradizer o que muitos acreditam em relação ao mesmo. Para demonstrar que é um equívoco enorme associar a renda bancária ao que você está ou não está hábil a realizar. Bloqueio e medos pessoais podem ser enfrentados para muito além da quantidade monetária acumulada numa conta bancária. Pessoas sempre deveriam ser mais valorizadas do que coisas, pois são aqueles que por nossas vidas passam, que nos proporcionam momentos sinceros e inesquecíveis. Seja no dia-a-dia ou numa viagem.

Eu acredito no lado bom das pessoas e que, a partir do momento em que se está aberto ao desconhecido, aberto ao mundo, muito se pode alcançar, de uma forma pura, honesta e sim, livre de interesses materiais.

Open Doors

Sobretudo depois dessa viagem, eu passei a acreditar bastante nesse negócio de energia... o que você atrai para sua vida é o próprio reflexo das suas atitudes perante o próximo. Se faz o bem, o bem vem. Simples assim.

Eu dormi em 38 casas diferentes e vivi situações que dinheiro nenhum paga, simplesmente pelo ato de confiar nas pessoas. Deveríamos todos aprender a enfrentar o medo de portas abertas. Afinal, o perigo na grande maioria das vezes é ilusório.

E, se porventura passar por uma situação não tão agradável, acredite: é porque algo espetacular está para acontecer logo logo. Ao menos foi assim comigo inclusive durante as 54 caronas que peguei na estrada.

Open Doors

Passei por alguns momentos difíceis, como pegando carona debaixo de chuva e à noite. Mas surpreendentemente, todos os momentos difíceis vieram seguidos por outros positivamente incríveis.

Como por exemplo certa vez, em que eu estava na estrada à noite, debaixo de um temporal e tive que atravessar, sozinha, uma rua desativada e sem iluminação alguma, passando por baixo da autoestrada (este foi um dos momentos mais tensos da viagem), e eu acabei a noite num apartamento de uma artista plástica renomada, relaxando numa banheira quente, com sais de banho especiais e tudo, rindo para a chuva gelada que ainda caía do lado de fora.

Momentos difíceis não vêm à toa, vêm para fortalecer e servirem de incentivo a olhar adiante e na possível seguinte escuridão confiar.

Mas, nossa, pegar carona é demais! É uma maneira de fazer do trajeto, parte significativa da viagem. Às vezes eu passava dias na estrada (como foi o caso de Londres-Belgrado, três dias de viagem) e nem sequer sentia o tempo passar. É bem diferente de uma viagem de ônibus ou trem... A sensação de conhecer pessoas pelo caminho, trocar de carro várias vezes durante um trajeto, fazer novas amizades, compartilhar...

Open Doors

Na Sérvia por exemplo, eu peguei carona com um senhorzinho de uns 70 anos que não falava uma palavra em inglês. Seguimos e ao som de música balcânica às alturas... Demais!

Isso é viajar! Isso é se deixar viver: confiar. Confiar sobretudo em si próprio... Confiar que sim, você pode ir atrás dos seus sonhos. Você pode viajar. Eu sei que é bem fácil pensar em um milhão de desculpas para não o fazer...

Porém hoje eu afirmo que, se alguma coisa falta para o passo adiante ser dado, essa coisa é coragem. Nada além disso.
Não tenha medo do desconhecido, eu estive lá e posso garantir que ele é carregado de bondade e positivas surpresas :-)

Abra suas portas ao mundo, viaje.

Veja o vídeo:

* ATENÇÃO *

Clique aqui para ler a segunda parte dessa história. Com um novo vídeo, a Aline responde algumas das dúvidas mais comuns que chegaram aqui pelos comentários!

deixe seu comentário!

comentários

173 Responses

  1. Thomas Hager Parreira
    Me ensina como faco para ganhar as passagens gratis tbm porque o maior problema das minhas viagens e o preco da passagem...kkk
    • Ela disse que comprou a passagem de ida e volta e não levou dinheiro, não que ela viajou completamente grátis.
    • Aline Campbell
      Bom, para todo caso, eu diria que há muitos lugares atingíveis sem a necessidade de uma passagem de avião ;-) Abraço!
      • Oi aline. Gostei da sua experiência na Europa. Qual seu contato. Tel ou email? Gostaria de te visitar no Rio. Sou de Goiânia e vou estar ai na quarta dia 29.
  2. Aline Campbell
    Rio de Janeiro tá de Portas Abertas... hehehe ;)
  3. Sério, eu e essa moça precisamos de internação ou isso é realmente sensacional? x)
  4. Samantha Fontes
    Que sonho
  5. Bárbara Richard Rozani
    QUe coragem ! Da vontade de jogar tudo pro alto e sumir desta porra de Brasil por um tempo só fazendo isso.
  6. Gabriela Illuminatti
    nossa muita coragem, já hospedei um casal que viajava tbm na base de carona e foi super baca o tempo em que ficaram em minha casa..
  7. Guilherme Barbosa
    Parabéns Aline.
  8. Eu e mais 7 amigos fomos "andando" do marco zero do Recife até o Sítio da Pedra Solta (Na Serra Negra de Bezerros-PE), isso aconteceu na primeira semana de 2008 e a aventura durou cinco dias. Em 2009, fizemos o mesmo, só que desta vez foi entre a Igreja de Santo Amaro em Jaboatão dos Guararapes e Taquaritinga do Norte. Foi uma das melhoras experiências de minha vida! Fazer algo assim na Europa nunca passou por minha cabeça, mas pelo pouco que senti na pele, admiro a iniciativa e tenho certeza que dá sim pra viver experiências desse tipo quando se supera o medo do desconhecido! (y)
  9. Eu sou uma dos 7 amigos, Trilheira Caminhante. Experiência boa demais! Recomendo e se for me chama que eu topo!!!
  10. Janine Santos
    Deve ser uma experiencia muito boa Bosco, tenho muita vontade de participar desse tipo de aventura.
  11. Também topo, simboraaaa!!!
  12. quando vai ser a próxima vez? estou dentro.
  13. Vamos que vamos! Janeiro está chegando e é um ótimo período para isso!
  14. Angélica Scot
    Sensacional! ;)
  15. Rafael
    Parabens, Talita! Voce teve uma experiencia linda! Achei muito interessante o que voce disse sobre pensar positivo e enfrentar o desconhecido. Ate me deu inspiracao para a minha viagem. Obrigado. Rafael
    • Aline Campbell
      Obrigada Rafael, mas Talita é a autora da publicação, quem fez a viagem e escreveu o texto contando da experiência fui eu, Aline. Hehehe Abraço! :-)
  16. Nao li a matéria, mas se for verdade, me diz pra onde que arrumo as malas
  17. Aline Campbell
    Filipe Bregunce, pois leia a matéria ;)
  18. evan megaro
    Parabens Sra Campbell por mostrar o mundo quao facil eh para compartilhar amor e bondade com qualquer um que entra em nossas vidas. Nunca desista e que a mensagem esteja espalhada pelos todos os cantos :)
  19. evan megaro
    parabens por mostrar o mundo quao facil eh compartilhar amor e bondade com qualquer um que entre em nossas vidas. nunca desista e que a sua mensagem esteja espalhada em todos os cantos do planeta :)
  20. Kátia Conceição
    João Bossco Jr. nov apor aqui em Recife..mas se fechrem um grupo par auma aventur dessa agora em dezembro..topo demaissss
  21. Muito bom! No próximo dia 25 de novembro, eu e a minha mulher partiremos para a nossa primeira viagem de volta ao mundo! E é engraçado, pois as pessoas costumam se preocupar mais com duas coisas: com que dinheiro nós iremos e como vamos nos virar financeiramente após a viagem, uma vez que largamos nossos empregos, vendemos nossos bens etc. A nossa decisão, no entanto, foi totalmente pautada em desejo. Vamos fazer aquilo que queremos: conhecer novos lugares, culturas, pessoas etc. É óbvio que a grana ajuda a viabilizar, mas o nosso processo de decisão passou muito mais por felicidade e experiência de vida do que de valores questões monetárias. Mas é compreensível... Abraço a todos! Ah, e para quem quiser conhecer o nosso blog, eis o endereço: http://www.mundoaivamosnos.com.br
  22. Muito inspirador , to quase me jogando agora ... mas vc realmente partiu sem nem um dinheiros? ou levou uns miojo na mala? hahaha
    • Aline Campbell
      Hahahaha Miojo é foda... Mas foi isso mesmo, Leonardo. Eu saí sem nadinha de nada :-)
  23. Caramba !!muita coragem mesmo e experiencias pra sempre!! quem sabe um dia ...
  24. Aline Campbell olha que apareço ai de carona mesmo viu !!
  25. Obrigado Talita pelo texto inspirador, vai me ajudar em meus projetos futuros de viagem.... Parabéns Jr Caimi Tip Trip
  26. Samara Lima
    Ain, me levaaa kkkkkk
  27. Oi gente, eu publiquei a história, mas a Aline é quem merece os créditos! Ela me inspirou muito e me ensinou a não ter medo, por isso quis muito publicar o relato dela aqui!
  28. Aline Campbell está mesmo ou já esgotaram as vagas? haahaha
  29. voce é mulher e é bonita. Quero ver se fosse homem e feio. Sem querer ser machista,mas todo mundo sabe que brasileiro é barrado em varios lugares da europa. Queria ver se fosse negro/negra ou nao falasse o minimo de ingles, nao tenho medo de me jogar e espero um dia fazer o mesmo, mas nao quero ter respaldo de ninguem,quero pode bancar o minimo pra mim, pq vc nunca sabe na mão de quem voce vai estar. Tive uma amiga dinamarquesa que veio pro Brasil e fez o mesmo esquema que voce e pra ela deu certo.Mas de novo ela é mulher e bonita tb, sendo homem eu so vejo possibilidades como a que aconteceu com voce se.. voce ja tiver algum contato/conhecido.. e sendo mulher tb depende muito do caso nao sendo pessimista,mas realista, o mundo não é só flores e todos sabemos disso
  30. Ainda bem que todas as pessoas que te ajudaram TRABALHAM E GANHAM DINHEIRO. Que sorte a sua.
    • Aline Campbell
      e ainda bem também que você entendeu que meu propósito era demonstrar o poder das relações interpessoais :) A propósito, Europa está em crise. É muito além do dinheiro, amigo... Abraço!
  31. Maurício
    Como você viajou para a Europa sem nenhum centavo no bolso e entrou lá, sendo que na imigração eles exigem comprovações de que você possua recursos para se manter durante o tempo que permanecer lá, além de reservas em hotéis ou cartas-convites?
    • Nunca me pediram pra ver grana ou cartao de credito ao entrar na Europa. Isso não é uma regra, vai de acordo com cada oficial de imigração durante a entrevista. Se ele sentir necessidade, pede. Senão não. Simples assim.
    • Ruan
      Você pode permanecer na Europa por um período de três meses como turista. Apresentando sua passagem de ida e de volta dentro desse período, você não precisa apresentar mais nada. Além do mais, você pode dormir onde você quiser, o problema é seu e não deles. Se você quiser dormir na rodoviária, na praça, na casa de alguém ou em um hotel cinco estrelas, cabe somente a você.
  32. Tudo muito poético tudo muito lindo, mas as chances de alguem se foder se arriscando numa aventura assim são enormes. Abraço.
  33. Curtindo no face, twitter e instagran já! Boa viagem!
  34. Aline Campbell
    Você quer exemplo de homens que já realizaram viagens parecidas com a minha? Eu te dou ;) Na verdade há muito mais homens do que mulheres se jogando em aventuras assim, até porque o mundo em geral ainda é machista, e para muitos, a mulher será sempre o sexo frágil. Desculpe, mas estou totalmente em desacordo com o que você disse e a bondade que as pessoas praticam com o próximo nem sempre está relacionada com a aparência física e o sexo do outro.
  35. Aline Campbell
    ...são as mesmas chances para se foder na própria cidade, indo ao trabalho, por exemplo. Vai dizer que não? Eu provo que sim, heim... rs com minhas experiências e com dados. Só que a grande diferença é que eu tenho história para contar, e quem não se aventura, não tem :)
  36. Aline Campbell clap clap clap!
  37. Margarida Margarida
    mas me tirem uma dúvida,para entrar na Europa é necessário seguro-viagem obrigatório e uma quantidade "X" de dinheiro(não lembro quanto)comprovado senão não embarca...como ela fez pra entrar sem um tostão lá??
  38. nao existe obrigacao de mostrar seguro ou dinheiro. eh uma recomendacao que PODE impedir sua entrada, mas nao existe regra efeitava em relacao a isso. pra mim nunca pediram pra ver dinheiro, cartoes ou seguro (apesar de eu ter). isso varia de acordo com o oficial da imigracao e de como vc se sai na entrevista
  39. Flora
    Boa noite Aline, gostaria de perguntar em relação aos homens porque eu também tenho muita vontade de viajar pelo Brasil mesmo mas sozinha acho meio complicado mais em questão de outras pessoas, sei que existem muitas pessoas boas por ai porém existem muitas pessoas ruins também e o assédio por parte dos homens é grande (infelizmente já é um fato cultural), como foi em relação a isso? obrigada!
    • Aline Campbell
      Eu não vejo assédio como um problema, desde que sua decisão seja respeitada e não haja insistência por parte do outro em conseguir alguma coisa com você. E também não é tão assim não, não ache que vai receber cantada e convites para motel com todos os homens que conhecer. Uma vez que você deixa claro o porquê de estar ali, o assédio é quase nulo.
  40. Guilherme S.
    Massa demais a experiencia, estive a pouco morando em UK e estou voltando agora em Janeiro, ja estava planejando uma viagem como essa para o proximo verao europeu, agora estou super inspirado. Tenho uma grande amiga fazendo uma como essa no sul da Asia, e ela me diz o mesmo sobre os paradigmas quebrados durante esta epopeia. Parabens !
  41. Aline Campbell
    Pois é... eu na verdade só tive um pouquinho de dor de cabeça quando fui atravessar o Canal da Mancha de carona... Os ingleses foram duro na queda comigo, mas no final deu tudo certo e eu consegui o carimbo :-p
  42. Aline Campbell
    Aqui vai um bom exemplo de um bonitão pra você... rs http://www.hypeness.com.br/2013/09/frances-visita-71-paises-sem-gastar-um-centavo-com-transporte/
  43. Aline Campbell Primeiramente, meus parabéns. Você é muito corajosa!! Admirável! Um dia, quem sabe, eu chego lá! Hehe. Eu pensei um pouco como Ruben, mas não totalmente. Não acho q a beleza influencie tanto. Talvez o carisma. Eu acho q, por ser mulher, é mais arriscado, no geral, mas ao mesmo tempo, é mais fácil, no sentido de se conseguir carona e lugar pra ficar. Não acredito q serial killers estão à espreita, hehe, penso mais do ponto de vista das pessoas q não parariam. E, também, "a ocasião faz o ladrão". Como vc disse, e também tem mais experiência, posso estar equivocado, mas temos essa visão de mundo no geral. Vi o seu vídeo e acho, com minha concepção atual, q vc se arriscou muuuito... Mas só vc quem sabe! :) Vc não teve nenhuma experiência ruim na viagem? Se não quiser desencorajar os outros, manda por mensagem privada. :P Igualmente, vc fez isso na Europa. Imagino q aqui no Brasil (onde inicialmente quero fazer algo similar) seja muito mais arriscado e difícil (o artigo do francês até menciona isso)... Ainda não consigo sair sem ter ao q me agarrar. :P Talvez eu precisa ir com outra pessoa a primeira vez.... >.<
  44. Um amigo fez durante quase um ano uma trip pelo Brasil de bike, da mesma forma, quase sem grana e carregando até mesmo a própria barraca caso nao conseguissem um lugar pra dormir. Eram 2. eles tocavam em bares pelas cidades que passavam e vendiam alguns adesivos do projeto. Pedalar é preciso. Vale a pena dar uma olhada no blog deles: http://www.pedalarepreciso.com.br/
  45. Teresa Hisa
    pois é...o medo prende as pessoas no mesmo lugar por muito, muito tempo...até mesmo a vida inteira...perdeu...
  46. como conseguiu o visto para entrar na europa sem dinheiro ???????????
  47. brasileiro nao precisa de visto pra entrar na europa.
  48. Aline Campbell
    Não é necessário visto para ir à Europa como turista... ;)
  49. Renata Stort Valeu, Renata!
  50. Aline Campbell
    Victor Soares Obrigada, Victor :) E respondendo: não, eu não tive nenhuma experiência negativa. Alguns momentos mais difíceis, sim, mas nada que pudesse de fato considerar negativo. Eu pretendo fazer algo parecido pelo Brasil, ano que vem... vamos ver :p https://www.facebook.com/pages/Open-Doors-Portas-Abertas/577332428958309?fref=ts abraço!
  51. Aline Campbell haha, já tinha curtido lá! Se não estragar o seu objetivo e quiser/puder, me chama! :P
  52. Aline Campbell
    Oi Mirela, bacana a viagem do seu amigo, vou dar uma olhada no site agora mesmo. Mas só para esclarecer... eu não fiz uma viagem "quase sem grana"... foi sem nada mesmo. hehehe E sem barraca também, pois eu acredito no poder de conhecer pessoas, e seria muito egoísmo, com tanta gente à nossa volta, eu não conseguir um teto para passar a noite ^^ Abraço!
  53. Não quero desmotivar ninguém, mas esse papo de sair sem dinheiro nem cartão de crédito é mentira. Não te deixam entrar em outro país se você não comprovar que tem como sobreviver lá pelo seu período de estadia. Em Londres, por exemplo, até perguntam aonde você vai ficar e quando vai embora. Tudo muito lindo, tudo muito poético, mas pera lá né.
  54. Alguns amigos meus já fizeram uma experiência semelhante a tua, João. Foram a pé de Natal/RN à Praia de Pipa/RN e, em outra oportunidade, foram da Praia de Pipa à João Pessoa/PB, também a pé, ambas as trilhas foram pelo litoral, e eles acampavam nas praias. Queria ter ido, mas não pude. =/
  55. Rafael sou filho de um velejador, ele tem 50 anos de experiência. Eu não o conhecia, conheci meu pai apenas com 17 anos. Quando ele teve a noticia de minha existência(intimação judicial rsrsrs) estava começando a viagem volta ao mundo dele, pelo Caribe. Teve de voltar pra o Brasil. Desde lá por problemas ele não pode mais fazer essa aventura, mas ainda é o sonho dele. Eu disse que um dia faremos e iremos nos preparar para tal. Penso de fazer isso quando eu me estabilizar num emprego que busco a muitos anos, quando eu conseguir, já que ´pe emprego através de concurso, creio que irei parar para fazer essa viagem. Talvez alguns achei loucura, loucura largar um emprego ótimo, bom, pra ficar sem renda, sem nada e sair pelo mundo. Simplesmente creio que essa viagem substituirá qualquer coisa, até os 17 anos que ele já se lamentou. A vida está pra frente, não pra trás, então creio que será algo ótimo. Aprenderás muito nessa viagem ai, não liga pra o que dizem, não levamos nada material mesmo dessa vida, e no final verás que fará uma coisa incrível que ninguém mais faz, talvez até em pouco tempo, algo que não chegue a representar mais que 4% de toda sua vida, ou seja não perdeu nada e simplesmente com a aventura que fará, não perderá nada mesmo. Boa sorte e siga seu coração. Um amigo de meu pai, dentre tantos já, conseguiu fazer a volta ao mundo em um veleiro, mas foi devagar, parrando em cada país e aproveitando, gastou 2 anos e em dinheiro apenas 3.000 dólares. Mas isso porque ele chegava num país e comprava coisas da cultura, revendia em outro, ele se virava no que podia. Boa viagem!
  56. Pablo Ronney Queiroz Mortimer Cara, que história maneira! Estou na torcida para que você realize este sonho ao lado do seu pai. Também pensamos por aí. ;-) Grande abraço e muito obrigado pelas palavras!
  57. Daniel, eu não sei onde você mora, mas aqui no Rio há tragédias todos os dias, das pequenas às grandes: boeiro explode, prédio desaba, bala perdida, cracudos, acidentes de trânsito... Viver é um risco. Só não se arrisca quem não vive. Aqui ou em qualquer lugar do mundo. Abraços!
  58. Nunca me pediram nada de dinheiro ou cartao pra entrar em Londres. Nunca.
  59. Aline Campbell
    olha, não é mentira não... rs :)
  60. Aline Campbell Quem tem medo, tem medo até dentro de casa. As chances de qualquer coisa acontecer são proporcionais a qualquer lugar. O medo é o grande vilão da história, com certeza. Mas quem VIVE não é escravo da sobrevivência e do imaginário.
  61. Pri Fernandes
    Aline Campbell não sei se teria coragem de ir totalmente sem grana. Mas admiro que faz essa aventuras. Acho que somos muito presos ao comodismo, ao conforto. Ter um emprego e ter onde dormir e o que comer garantido, sim, eu tenho medo de perder tudo isso. Mas também como sei que não tenho coragem o bastante para fazer como você fez apenas com passagens pagas, eu guardo, economizo, programo e consigo viver minhas aventuras, mesmo com pouco dinheiro. Há pessoas que não fazem nem isso... parabéns a você por ter experimentado coisas incríveis e compartilhar.
  62. Andre Motta também não me pediram. A questão é que PODEM pedir. Aí é conta em risco de cada um de acreditar no ser humano e ainda contar com a sorte: http://ec.europa.eu/immigration/tab3.do?subSec=16&language=7$en "Documents to show that you have enough money for your stay and return. If you want to stay in an EU country for more than three months, you may also be required to have a work permit (if you intend to work) and/or a residence permit."
  63. João Menighin exato, PODEM. mas nao eh regra, nao eh obrigatorio, tanto que só aqui nessa conversa já sao 3 pessoas que entraram la sem mostrar dinheiro ou cartoes. entao vc nao pode falar que eh mentira da aline, concorda? :)
  64. Como eu disse, não quero desmotivar ninguém. Só não acho bacana nego tomar uma porta na cara e voltar pro Brasil antes da hora depois de ter pago uns 5 conto numa passagem. E também levar o minimo de dinheiro não quer dizer que você não confia. Ao meu ver é burrice não fazê-lo (nada contra Aline, te admiro pelo que fez) já que não fazendo você tá é acreditando na sorte.
  65. João Menighin claro, te entendo. mas ao mesmo tempo vc pode ter todo dinheiro do mundo e ser barrado da mesma forma. nao existe regra pra isso, cada ofcial da imigracao ve as coisas de uma maneira.
  66. Sim, ok, não há regra e Aline realmente pode ter feito isso. Tudo bem. Retiro o que eu disse sobre ela ser mentirosa, apesar de que ainda duvido hahaha. Só não acho legal o tanto que isso pode incentivar uma galera a tentar fazer o mesmo e dar merda. Eu to fazendo papel de velho chato que se preocupa com coisinha eu sei, mas não acho que uma viagem pra Europa, que é foda, deva ser feita dessa maneira (contando com a sorte). Eu pelo menos ia ficar travado cada vez que fosse passar na imigrição...
  67. Aline Campbell eu acho sua historia perfeita e um bom exemplo!!! mas acredito também que o receio é causado pelo fato, por exemplo, da pessoa já nao possuir condição financeira nem pra "comprar uma bala". você saiu sem dinheiro nenhum, mas talvez se surgisse um imprevisto, você teria pessoas a quem recorrer pra poder voltar!!!!! e quem não te, ne??? nao é apenas a vontade que é o suficiente!!! logicamente, acho que algumas pessoas nao dão credito por isso, por não ter um respaldo!!! Achei sua experiencia de vida louvável e com fé em deus, em breve, farei a minha!!!!
  68. Aline Campbell
    Mas quem disse que eu contei com a sorte? Eu contei comigo, e com as pessoas à minha volta :) hehehe E pode duvidar a vontade, tem todo o direito.. só não pode me chamar de mentirosa assim na cara lavada xD porque, poxa, não é mentira não :/ tanto fui sem dinheiro quanto não tinha acesso nenhum ao dinheiro que tenho. e eu tive meu "plano B" para não ser barrada na imigração e colocar o projeto por água abaixo, sem sequer sair do aeroporto. Era esse na verdade meu único medo: não passar no controle de passaporte, por conta de estar absolutamente sem dinheiro. O que eu fiz foi o seguinte... Eu levei meu extrato bancário e uns cartões de crédito invalidados (hahahaha mas essa parte eu só vou contar em detalhes mesmo no livro que pretendo publicar logo logo) ^^ :* Abraço!
  69. É bem isso mesmo Ruben, falou tudo...
  70. Dani Ela
    Uau Rafael ... parabens por terem coragem de se jogar e viver ... tudo de bom a voces !
  71. Flávia Tavano
    Parabéns pela iniciativa de fazer um mundo de mais confiança e amor! Gratidão!
  72. Sem palavras, arrepiante!! Parabéns. E obrigado!
  73. Anelise Soares
    Na imigração em Londres me perguntaram quanto dinheiro eu tinha e contaram libra por libra, nota por nota, pra conferir. Examinaram as reservas de hotel/hostel, olharam meus cartões de crédito, perguntaram quem tava pagando a viagem, como eu podia arcar com os custos (afinal, era estudante), o que os meus pais faziam, quanto ganhavam, etc. Há lugares na Europa que é tranquilo de entrar. Já Inglaterra é beeem mais chata... acho arriscado ir pra lá sem uma quantidade mínima de dinheiro.
  74. concordo com você, e não basta ser mulher e bonita, como vc mesmo disse o mundo não é só flores.
  75. Parabéns Aline, eu morro de vontade de fazer isso, um dia tomo coragem e sigo teu exemplo.
  76. Aline Campbell
    Anelise Soares eu entrei na Inglaterra... e cruzando o Canal da Mancha de carona... rs existem casos e casos... é uma roleta russa
  77. Queria ter essa coragem, so do RJ, amo viajar porem falta companhias para uma viagem mais longa, sem falar q mei ingles e pessimo, mas estou aguardando, vontade e disposicao eu tenho, aparecendo uma companhia q fale bem o ingles, rsrs to dentro...
  78. Hello My friend, Im here!!!
  79. Pamella Kelle
    Parabéns pela coragem, um dia faço a mesma coisa, só esperar a maioridade k ~ Sonho *---* Abç ! Mas sério, em algum momento passou pela sua cabeça um: "Poxa, aqui é o fim" k ou "E agora ?" ? k
  80. Cara... temos o mesmo pensamento. Já troquei esta ideia com minha esposa e só estou esperando o sinal verde para fazer uma trip destas. Parabéns... sintonia total com a palavra VIVER.
  81. Fernando Novais
    Muito me impressiona esse bando de " marmanjo bundão" que não tem coragem nem de atravessar a rua sozinho e muito menos ser "macho" o bastante pra ter a admirável coragem dessa garota, e no mínimo reconhecerem que uma mulher viajando sozinha e sem grana se deu bem e está aqui compartilhando sua experiência. Desculpa"brothers", dizer que a menina só se deu bem porque é bonita e carismática é muito recalque e pobreza de espírito. Estou fora da minha casa a 8 meses morando na Australia viajando por ai, e quem passa por isso sabe o quanto é difícil superar a barreira da língua, da saudade, da solidão, da falta de grana ou nenhuma e do incerto. Todos nós temos desejos de realizar algo, mas isso não é pra todo mundo pois é preciso CORAGEM e coração aberto pra vida. Portanto, meus caros, o mundo são pra os corajosos que não tem medo de viver a verdade que carrega dentro de si. PARABÉNS, TALITA !!! Can I bee your friend ???
  82. Fernando Novais
    Aos bundões: Tá na hora de sair da barra da saia da mãe !!!!!!!!
  83. Admirável!
  84. Aline Campbell
    Oi Pamella, obrigada. Então, na verdade não. Até porque, é o que eu sempre falo... tem muita gente ao redor de nós, o tempo todo... se sentir sozinho ou numa pior, eu acho egoísmo da nossa parte. O que o ser humano de hoje em dia deve aprender é a confiar mais no próximo e enxergar que sim, ele muitas vezes pode contar com um estranho. Abraço!
  85. Essa garota é das minhas rs
  86. Essa garota é das minhas rs
  87. 92 dias? Quem pagou suas contas por aqui?
  88. Emocionado...parabens cara, pela coragem,, pelo coração aberto para esse mund"ao! vai nessa vibração que tu vai ter muito, sem ter quase nada!
  89. Emocionado...parabens cara, pela coragem,, pelo coração aberto para esse mund"ao! vai nessa vibração que tu vai ter muito, sem ter quase nada!
  90. Aline Campbell
    Eu. Trabalho como autônoma, mas não acho que esta questão seja pertinente à matéria, ao projeto... Entretanto, caso ainda assim tenha interesse, não terei problema nenhum de falar sobre ;)
  91. Aline Campbell eu ja tinha visto isso, cara a experiencia é valida, mas se vc term um roteiro e uma agenda ela fica impossivel de seguir porque isso é 100% de chance que voce va ter imprevistos... é claro que transporte,comida e ate dormir em albergues vc talvez consiga, mas a possibilidade de se dar mal é muito grande, pelo menos eu penso assim.......
  92. Aline Campbell eu ja tinha visto isso, cara a experiencia é valida, mas se vc term um roteiro e uma agenda ela fica impossivel de seguir porque isso é 100% de chance que voce va ter imprevistos... é claro que transporte,comida e ate dormir em albergues vc talvez consiga, mas a possibilidade de se dar mal é muito grande, pelo menos eu penso assim.......
  93. Aline Campbell
    Oi Fernando, obrigada. Achei engraçado quando chamou os 'bróder' de recalcados... rsrs Então, Talita é a autora da publicação, mas o texto e a viagem fui eu quem fiz :p Abraço!
  94. Aline Campbell
    Ruben Marcus Luz Paschoarelli, a possibilidade de se dar mal é muito grande, com base em quê? Porque, ao meu ver, a possibilidade de se dar BEM é que é muito grande :) e imprevistos não necessariamente são ruins, quando o objetivo da viagem é ter boas experiencias e conhecer lugares incríveis, livre de valores materiais.
  95. Aline Campbell
    Ruben Marcus Luz Paschoarelli, a possibilidade de se dar mal é muito grande, com base em quê? Porque, ao meu ver, a possibilidade de se dar BEM é que é muito grande :) e imprevistos não necessariamente são ruins, quando o objetivo da viagem é ter boas experiencias e conhecer lugares incríveis, livre de valores materiais.
  96. Bella Vale
    das minhas tbm =)
  97. Muito bacana!
  98. Muito bacana!
  99. Marina Prado
    Aline, eu já estava "me achando" por ter pego ônibus sozinha entre Alemanha, República Checa e Hungria (e eu tinha hostel reservado e td) hahaha... Já foi uma grande experiência para mim chegar sozinha e conhecer pessoas nos hosteis, por isso imagino como foi enriquecedor e excitante tudo o que você viveu. Eu não sei se teria coragem de fazer o mesmo, ainda não tenho essa confiança toda. Mas, deixo aqui minha admiração. :)
  100. Marina Prado
    Aline, eu já estava "me achando" por ter pego ônibus sozinha entre Alemanha, República Checa e Hungria (e eu tinha hostel reservado e td) hahaha... Já foi uma grande experiência para mim chegar sozinha e conhecer pessoas nos hosteis, por isso imagino como foi enriquecedor e excitante tudo o que você viveu. Eu não sei se teria coragem de fazer o mesmo, ainda não tenho essa confiança toda. Mas, deixo aqui minha admiração. :)
  101. Marina Prado
    Aline, eu já estava "me achando" por ter pego ônibus sozinha entre Alemanha, República Checa e Hungria (e eu tinha hostel reservado e td) hahaha... Já foi uma grande experiência para mim chegar sozinha e conhecer pessoas nos hosteis, por isso imagino como foi enriquecedor e excitante tudo o que você viveu. Eu não sei se teria coragem de fazer o mesmo, ainda não tenho essa confiança toda. Mas, deixo aqui minha admiração. :)
  102. Tadeu Victor Braga Polo
    A gente aproveita muito mais de uma viajem quando estamos abertos a conhecer novas pessoas. Por que o mair patrimônio de um lugar não são os prédios, estatuas ou comidas típicas... são as pessoas!
  103. vem conhecer Bueno Brandão conhecida como Campo Místico no sul de minas na serra da mantiqueira...energia crescente
  104. vem conhecer Bueno Brandão conhecida como Campo Místico no sul de minas na serra da mantiqueira...energia crescente
  105. Bárbara Mansur
    que legal aline!!! como você conseguia lugar para dormir? como você fez seu intinerário? ficou algum dia sem comer? faz um post contando como você conseguiu ficar lá e como era para conseguir lugar para dormir.
    • Barbara, a Aline fez um novo video tirando algumas duvidas do pessoal: http://www.viagemcriativa.com.br/2013/11/13/viajando-sem-dinheiro-parte-2/
  106. Anônimo
    Funciona até quando a pessoa precisar de um serviço hospitalar... Aí não tem bondade que pague as contas no hospital ou clínica, que, mesmo sendo públicos, são particulares para turistas. Tenho um amigo que se machucou quando estávamos na França e gastou mais de 1500 euros no hospital, mesmo sendo rede pública. Acho que além de viajar com a passagem de ida e volta, seria coerente pensar em viajar com um seguro saúde.
  107. Achei muito interessante vc esta de parabéns, só estou com dúvida referente a parte da imigração, já que quando fui exigiam comprovante dos Hostels, seguro saúde e por ai... abraços
  108. Achei muito interessante vc esta de parabéns, só estou com dúvida referente a parte da imigração, já que quando fui exigiam comprovante dos Hostels, seguro saúde e por ai... abraços
  109. Muito legal!
  110. Tirado a irlanda, onde pediu comprovante, marcao? Lembro que na ultima viagem que eu fiz fui sem hostel e sem passagem de volta pra uns lugares kkkk
  111. Tirado a irlanda, onde pediu comprovante, marcao? Lembro que na ultima viagem que eu fiz fui sem hostel e sem passagem de volta pra uns lugares kkkk
  112. Tirado a irlanda, onde pediu comprovante, marcao? Lembro que na ultima viagem que eu fiz fui sem hostel e sem passagem de volta pra uns lugares kkkk
  113. OcamaruBRES
    Muito legal essa atitude(não li e nem vi o vídeo e nem tenho paciência para ler tanto quando não estou afim). Sim sou uma dessas pessoas medrosas(não sou recalcado nem careta) que nunca trabalhou e nem teve independência financeira e não sinto que tenho capacidade de relacionar com pessoa nenhuma já que tenho repúdio a multidões e a qualquer pessoa que não seja como eu! Até pq são poucos que curtem o que eu curto e sou muito recluso! Então creio que só teria chance de explorar o resto do mundo se algum dia eu tiver renda ou dinheiro para ir solo uma vez que não tenho amigos ou contatos de confiança para lidar com tudo que nunca fiz sozinho!
  114. Daniele Figueira
  115. Daniele Figueira
  116. Daniele Figueira
  117. Nenhum lugar (na Europa) vai te pedir comprovante de nada se vc estiver entrando como turista (como foi o caso da artista plástica do artigo). Brasileiro tem direito de pegar o visto de turista por 90 se comprovar nada! Seu caso foi diferente pq vc estava solicitando visto de estudante bro. No excuses! Shut up and fucking travel!
  118. Nenhum lugar (na Europa) vai te pedir comprovante de nada se vc estiver entrando como turista (como foi o caso da artista plástica do artigo). Brasileiro tem direito de pegar o visto de turista por 90 se comprovar nada! Seu caso foi diferente pq vc estava solicitando visto de estudante bro. No excuses! Shut up and fucking travel!
  119. Nenhum lugar (na Europa) vai te pedir comprovante de nada se vc estiver entrando como turista (como foi o caso da artista plástica do artigo). Brasileiro tem direito de pegar o visto de turista por 90 se comprovar nada! Seu caso foi diferente pq vc estava solicitando visto de estudante bro. No excuses! Shut up and fucking travel!
  120. Queria conhecer essa garota para, quem sabe ouvindo suas histórias eu tomo coragem e faço algo assim. :)
  121. Queria conhecer essa garota para, quem sabe ouvindo suas histórias eu tomo coragem e faço algo assim. :)
  122. Bruno Brazil
    Aline, vc concretizou meu maior sonho... Espero um dia te escrever pra lhe falar de como foi a minha experiência! Gratidão!!!
  123. Maitê Cassandra Em Budapeste pediu Maite, lembra em Eindhoven o cara embassando
  124. Maitê Cassandra Em Budapeste pediu Maite, lembra em Eindhoven o cara embassando
  125. Marcel Ribeiro Não é desculpa até dei os parabéns, so levantei hipóteses que podem ocorrer, nos outros casos a gente estava de onibus ai por isso nem pegou nada
  126. Rafael... Gostaria de manter o contato com você cara. O meu principal projeto de vida é viajar pelo mundo. Gostaria de conversar com você sobre o assunto após a viagem. Se puder me ajudar com dicas de locais, pontos interessantes, cuidados necessários e o que mais julgar necessário ficaria muito grato. No mais, boa viagem pra você e aproveite o máximo que puder.
  127. Rafael... Gostaria de manter o contato com você cara. O meu principal projeto de vida é viajar pelo mundo. Gostaria de conversar com você sobre o assunto após a viagem. Se puder me ajudar com dicas de locais, pontos interessantes, cuidados necessários e o que mais julgar necessário ficaria muito grato. No mais, boa viagem pra você e aproveite o máximo que puder.
  128. Boa idéia! Estou pensando sair daqui de Pirapora/MG ao Rio de janeiro só. com as passagens de ida e volta. Será que consigo?
  129. Victor Soares CORAJOSA MESMO ESSA MOÇA, LENDO SOBRE A AVENTURA, ME DESPERTA UMA VONTADE DE FAZER O MESMO... MAS NÃO SOZINHA, PELO MENOS EM DUPLA...
  130. De que cidade do Brasil ela 'e??
  131. De que cidade do Brasil ela 'e??
  132. Leonardo Glavina
    Hospedei um canadense, através do Couchsurfing, que estava fazendo exatamente isso: viajando sem grana aqui pela américa... da última vez que falei com ele, estava na nicarágua! Fiquei hospedado na casa de muita gente pelo couchsurfing, em diversos países, e é simplesmente fantástico. É uma oportunidade excepcional de viajar barato, criar novas amizades e imergir na cultura local como nenhum turista "convencional" conseguiria.
  133. Alan Verneque Abreu Oi, Alan. Vamos compartilhar muita coisa lá no blog e também nos canais sociais (Facebook, Instagram e Twitter). Vamos manter contato por meio deles? Abraços e obrigado
  134. Alan Verneque Abreu Oi, Alan. Vamos compartilhar muita coisa lá no blog e também nos canais sociais (Facebook, Instagram e Twitter). Vamos manter contato por meio deles? Abraços e obrigado
  135. Aline Campbell tem outros exemplos, aqui está um casal que fez mais de 6000kms sem xeta ;) http://101leguas.blogspot.pt/2013/11/6000km-pe-e-sem-dinheiro.html
  136. Essa questão da saúde é importante.. nem sempre conseguimos os serviços ou os medicamentos de forma grátis. no entanto existe solução, no meu caso precisava de uma gel para as dores musculares e as farmácias recusavam-se a oferecer, fiz uma colecta junto das pessoas e resolvi o assunto. é como Aline Campbell diz: "Se faz o bem, o bem vem. Simples assim."
  137. Aline, parabéns pela iniciativa e pela jornada! Eu estou morando na Europa e durante esse verão também fiz (em muito menor escala) um pouco do que você fez -- e mais do que nunca passei a acreditar nos valores da bondade/irmandade... Eu só acho que esse tipo de viagem não é para todo mundo: é para os bons de coração e suficientemente carregados de positividade, hehe. (Imagino que você me entenda...) Aqui, em linhas gerais, o que eu fiz: http://pernapraquemtem.wordpress.com/2013/11/10/my-1785-km-trip-hitchhiking-across-europe-some-facts-for-the-curious/ Parabéns pelo projeto! Felipe Balotin.
  138. Que lindo, Aline! Parabéns, sua história é inspiradora!
  139. Milca
    Pretendo fazer isso logo logo. Meu desejo nem é tanto de viajar, mas de passar esses momentos, tantos os bons quanto os ruim. Deve ser muito gostoso. Só tenho uma pergunta a fazer: como você fez pra entrar nos países sem carta convite e sem reservas de hotel ou albergue? Um amigo quase não conseguiu entrar na Europa pela Espanha porque a carta convite dele não foi registrada na polícia e ele não tinha albergue reservado para todas as datas.
    • Milca, da uma olhada no post novo da Aline, ela explica varias coisas sobre a viagem: http://www.viagemcriativa.com.br/2013/11/13/viajando-sem-dinheiro-parte-2/
  140. https://www.youtube.com/watch?v=AHFXXvKcY4E só assistindo pra entende aAhHAUahUHhaUAHuhaUHAUhauHUHAh meu canal.. https://www.youtube.com/channel/UCUuaSoeEsg7GutSVPqdmsVA
  141. Minha querida flor... Não conte a verdade parcial, não mostre só o lado lindo da história. Você pode prejudicar alguém com isso.
  142. A maioria das pessoas querem fazer isso que ela fez mas não coragem, admiro isso e vou fazer também!
  143. Aline Felix
    Nossa,inspiradora! ''tu atrai o que transmite'' né,vibre contentamento que o universo proverá o resto. Amei!
  144. […] “Optei por fazer essa viagem sem dinheiro, para contradizer o que muitos acreditam em relação ao mesmo. Para demonstrar que é um equívoco enorme associar a renda bancária ao que você está ou não está hábil a realizar. Bloqueio e medos pessoais podem ser enfrentados para muito além da quantidade monetária acumulada numa conta bancária.” Relato de http://www.viagemcriativa.com.br/2013/11/05/falta-de-grana-pare-de-se-lamentar-e-viaje-mesmo-assim/ […]
  145. Sensacional! Adorei a ideia. Não sei se sou tão ousada e corajosa assim, mas admiro muito a moça por isso. E concordo com o que ela disse sobre energia e atração. Pensar coisas ruins atrai coisas ruins! Parabéns! :)
  146. Daisy
    Olá Aline!!!! Achei sua experiência incrível e há muito tempo tenho vontade de fazer algo parecido, não é nada fácil, inclusive pela família... Tem como você me fornecer seu e-mail pra trocar uma idéia? Grata!
  147. Ana
    Achei muito interessante tudo o que li... Mas, uma dúvida: para arranjar um lugar para dormir, ficar, como você fazia? Você conhecia as pessoas e elas te convidavam pra ficar na casa delas, você pedia?
    • Ana, tem um novo post da Aline, explicando essas coisas: http://www.viagemcriativa.com.br/2013/11/13/viajando-sem-dinheiro-parte-2/
  148. Ingrid
    Oi, Aline! Muito lindo oque você fez. Inspirador, admirável e enriquecedor. Meu esposo e eu somos loucos para fazer assim também (mas vai demorar temos filhas pequenas, rs). Só me responde: Como você fez, já que para ir a alguns países da Europa tem que mostrar (e comprovar) renda, cartão de crédito, etc ? Agora o que você escrveu sobre energi a e atração, é fato!!! Minha vida é movida, conscientemente, a energia e atrações. Abraços!!!
    • Ingrid, a Aline respondeu essa e outras duvidas aqui oh http://www.viagemcriativa.com.br/2013/11/13/viajando-sem-dinheiro-parte-2/
  149. sebastian
    Eu queria saber como ela obteve os vistos... pq até onde sei pra obter os vistos vc tem q provar q vai ter GRANA pra se manter.
    • Suas duvidas sao respondidas aqui, Sebastian: http://www.viagemcriativa.com.br/2013/11/13/viajando-sem-dinheiro-parte-2/
  150. […] post da semana passada sobre o Open Doors, projeto da Aline que consiste em dar uma nova visão sobre a necessidade do […]
  151. Mariana
    Eu também fiz uma viagem assim, a não ser pelo fato de ter algum dinheiro. Morei minha vida toda no interior e sou filha única, fiquei com medo de sair assim por lugares nos quais eu não falava o idioma e não conhecia nada. Então aos 19 anos de idade e depois de uma amiga desistir de viajar, eu que ja estava com passagem comprada fui passar 45 dias sozinha pela Europa. Cheguei em todas as cidades sem sequer ter um mapa, saber o que tinha pra fazer, só com uma mochila que mal conseguia carregar nas costas. Pra te ser sincera, ao mesmo tempo que encontrei muita gente que não dava a mínima, encontrei muito mais gente legal e divertida. É incrível como criei fortes amizades com pessoas que nem sequer conseguiam se comunicar direito comigo, que não falavam a mesma língua. Passei por 11 países, 24 cidades. Todo mundo me pergunta "mas como você saía, fazia tudo sozinha? " e eu sempre respondo: não teve um dia que eu tenha ficado sozinha durante esses 45 dias.
  152. Saci
    sem dinheiro algum?? estranho.. ate onde sei.. so se entra nos outros paises de posse de uma quantia.minima em dinheiro
    • leia os detalhes aqui oh http://www.viagemcriativa.com.br/2013/11/13/viajando-sem-dinheiro-parte-2/
  153. Denise
    Não entendi, algo saiu errado ao postar meu comentário, não terminei de screvê-lo e parece ter sido enviado. Enfim... parabéns pela coragem e sucesso com o livro e nas próximas aventuras.
  154. Pois é, aventura é comigo ou já foi. Tempos atrás eu fazia isso por aqui no Brasil, mas agora não dá. Tem muita maldade em nossa terra. Porém, acho que ainda tenho pique pra algumas aventuras, mas desta vez gostaria de companhia e de pelo menos mais umas duas. Acho que é carência de ter alguém pra dividir instantaneamente os fatos que irão ocorrendo, mas de todo modo, acho que fazer uma aventura dessa não deixa de ser fases, pois a coragem pra certas coisas só dá uma vez. Entendo que repetir uma mesma aventura dessas seria mais difícil do que experimentar uma vez. Sendo assim, penso que a segunda aventura de qualquer pessoa, acaba por ser mais bem planejada do simplesmente sair sem rumo ou coisas desse tipo. Mas que faz bem pra alma , faz.
  155. Cara muito bom o blog, me amarrei nas historias, principalmente nesta desta garota corajosa. acredite eu, nao sairia nem de Brasilia, onde moro, para ir ao Nordeste minha terra natal, do jeito que ela foi.
  156. Muito bom! Já perdi a conta de qtas noites fiquei carregando a barraca em alguma trilha, madrugando em algum aeroporto ou estação de trem, etc!rs Estou planejando minha próxima trip aqui na América do Sul.
  157. irei fazer essa jornada no começo de dezembro. ponto de partida porto alegre. quem quiser ir junto seja bem vindo. whats app : 51 84983341

Leave a comment