Dicas sobre Alemanha: celular, viagem de ônibus e dinheiro

Pra quem olha de fora e vê a União Europeia, com países sem fronteira e uma moeda única, pode ficar com a impressão de que viajar pra qualquer lugar lá dentro é a mesma coisa. Basta levar seus Euros, embarcar num trem de uma cidade pra outra e se conectar no wi-fi do Starbucks ou McDonald's mais perto do seu hotel/hostel/airbnb pra postar fotos no Instagram e mandar um alô pra mamãe.

Seria divertido, mas obviamente, nem tudo é tão fácil assim.

Acabamos de voltar da nossa segunda viagem à Alemanha e resolvemos escrever esse post porque algumas coisas por lá não são exatamente tão óbvias e isso pode complicar a vida de muitos viajantes.

Confira aí algumas das nossas dicas sobre Alemanha:

Chip para celular

Na grande maioria das vezes em que viajo, eu nem preocupo em ter um chip local para o meu celular. As redes públicas de wi-fi são tão comuns que dificilmente você fica offline.

Mas na Alemanha isso é bem diferente. E em Berlim, mais ainda.

Isso acontece, em parte, porque a lei de direitos autorais na Alemanha é muito rigorosa. Vamos supor que você seja dono de um bar que disponibiliza a senha do wi-fi pros seus clientes. Aí um deles vai lá e baixa um filme ou uma música. Aparentemente, nenhum problema, né? Acontece que duas coisas que são proibidas lá. Neste caso, você estaria em sérios problemas com a lei. Deu pra entender?

É por isso que encontrar um lugar com wi-fi aberto é uma tarefa complicada. Preciso dizer que esse cenário está um pouco melhor agora do que quando estive lá da primeira vez, em 2014. Tanto que hoje em dia o metrô de Berlim oferece uma rede gratuita pros usuários. Mas ainda é pouco, pode acreditar. O blog Fotostrasse tem alguns posts com lugares que disponibilizam Internet de graça, vale a pena conferir.

Sabendo de todas essas dificuldades, a gente resolveu que dessa vez teríamos um chip pra usar Internet de qualquer lugar. Depois de algumas pesquisas, encontramos a EasySim4U, empresa que fornece chips norte-americanos com roaming pra mais de 140 países. São vários planos, que possuem 4G (ou 3G, onde disponível) ilimitado e começam a partir de 35 dólares.

Recebemos os chips em casa, colocamos nos nossos telefones ainda dentro do avião e quando chegamos em Amsterdam para fazer a conexão, já estava funcionando perfeitamente.

Durante toda a viagem fizemos uploads de fotos e vídeos, consultamos mapas e atualizamos as redes sociais numa velocidade bem rápida e (melhor de tudo) sem precisar nos preocupar com banda, porque realmente é ilimitada. Valeu muito a pena!

Por isso que a primeira das nossas dicas sobre Alemanha é: compre um chip de celular. A gente recomenda a EasySim4U, já que funcionou muito bem pra nós dois.

Dicas sobre Alemanha!

Dicas sobre Alemanha!

Dinheiro ou cartão?

Essa dúvida é um dos maiores clássicos de quem costuma viajar. Que moeda eu levo? Onde troco? Cartão de crédito vale a pena? E cartão pré-pago?

No caso específico sobre a Alemanha, e principalmente Berlim, o cenário é muito parecido com o do wi-fi que falei ali em cima.

Chegando lá você vai ver uma quantidade considerável de estabelecimentos, especialmente bares e restaurantes, que sequer têm maquina de cartão. Simples assim! Sem dinheiro vivo no bolso, você pode ser privado de comer o kebab mais gostoso da cidade ou de tomar uma cerveja no bar que você achou simpático.

Claro que nos restaurantes mais chiques ou nas grandes redes de fast-food você não vai ter problema em usar o seu cartão, mas não é todo mundo que tem um orçamento desse tamanho ou disposição pra comer hamburguer industrializado todo dia, certo?

Então, seguindo nossas dicas sobre Alemanha, o conselho é simples: dinheiro vivo, amigos!

Nós compramos os nossos Euros com a ajuda do Melhor Câmbio, um serviço que compara todas as casas de câmbio de sua cidade e te mostra qual o melhor preço em tempo real.

Além disso, você pode fazer uma oferta, de acordo com as suas necessidades, para análises das casas. Caso alguma tope, você será avisado!

Pra você ter uma ideia, chegamos a uma casa de câmbio e ela nos pediu 10 centavos a mais do que o app do Melhor Câmbio mostrava. Quando peguei o celular para avisá-los, eles fizeram pelo mesmo preço, na hora. Baita economia!

E pra deixar tudo mais legal, se você fizer suas compras usando o link do Melhor Câmbio aqui no Viagem Criativa, a gente ainda ganha uma comissão sem você gastar nada a mais por isso! :D

 

Ônibus ou trem?

Essa é uma outra dúvida bem comum, especialmente na Europa. Com uma rede férrea tão bem conectada, é natural que o trem apareça como primeira opção na cabeça de quem está com viagem marcada. Eu mesmo já viajei de trem pela Alemanha e posso afirmar que é muito confortável e bastante agradável. Só que pode ser também muito caro, ponto negativo para os viajantes com baixo orçamento.

Durante nossa viagem, tínhamos dois trechos para pesquisar: Berlim > Dresden e Berlim > Poznan, na Polônia. Numa rápida pesquisa a gente viu que a viajar de ônibus era até 4 vezes mais barato! Como eram viagens relativamente curtas, de 3 a 4 horas cada, não era preciso o máximo do conforto, então não pensamos duas vezes: vamos de ônibus!

Pesquisamos pelo Check My Bus, que é um desses metabuscadores que te mostra os preços de várias companhias que operam o trajeto da sua viagem e aí você escolhe qual comprar.

Para Dresden, pagamos 5 Euros o trecho, totalizando 20 Euros ida e volta pra duas pessoas. Pra você ter uma ideia, 20 Euros era o valor por trecho/pessoa de trem! Daria 80 pra duas pessoas. Percebeu a diferença?

Já pra Poznan, na Polônia, o valor foi de 12,50 Euros por trecho, totalizando 50 Euros ida e volta pra duas pessoas.

As duas viagens partiram da rodoviária Berlin ZOB, que fica na parte oeste da capital da Alemanha e tem fácil acesso pelo metrô.

Tudo relativo a essas viagens foi surpreendente, de maneira positiva. Sem atrasos, ônibus muito confortáveis, com tela individual, carregador USB, wi-fi e até um cafezinho de cortesia.

Ah, um detalhe importante: fique atento ao lugar onde você deve descer do ônibus. Isso por que, por exemplo, o que pegamos pra Dresden seguiria viagem até Praga. Então se perder o ponto de descida, você pode acabar parando em outro país!

Só de pensar na economia que isso representou pra nossa viagem, fico muito tranquilo em completar as nossas dicas sobre Alemanha dizendo: vá de ônibus também!

Dicas sobre Alemanha!

Dicas sobre Alemanha!

Dicas sobre Alemanha!

Dicas sobre Alemanha!

O Viagem Criativa viajou para a Alemanha e Polônia com apoio da EasySim4U, Visit Berlin, Visit Dresden, Visit Poznan e 25HoursHotel! Todas as opiniões expressadas aqui são nossas!

deixe seu comentário!

comentários

6 Responses

  1. Esse tipo de dicas ajuda muito a planejar uma viagem. Parabéns!! Vou seguir o blog.
    • Cristine, muito obrigado pelo comentário! A gente adora ajudar no planejamento de viagens! :D
  2. Sabe informar se o sim card pega na região do vale do reno e mosel, na Alemanha?
    • Olá Branca! Pega sim, a cobertura é no país inteiro!
      • Obrigado! Acabei de comprar o sim card
        • Ótima escolha! Depois volta aqui pra dizer como foi a experiência!

Leave a comment